Fechamento de caixa: como torná-lo mais eficiente

26 maio 2020

índice:

– O que é fechamento de caixa?
– O que sua empresa ganha com isso
– Dicas para um fechamento de caixa mais eficiente
– Automatize seu fluxo e fechamento de caixa com a Equals

Saiba o que é, porque fazer com frequência, os benefícios e dicas para tornar mais eficiente o fechamento de caixa do seu negócio.

O fechamento de caixa é um dos processos internos que fazem parte da gestão financeira das empresas. Assim como todas as atividades desempenhadas no setor financeiro, o fechamento de caixa também depende de planejamento e das técnicas adequadas para se tornar eficiente e trazer resultados positivos para os negócios.

Pode parecer uma atividade simples, mas empresa nenhuma deve negligenciar ou dar menos importância ao fechamento de caixa, pois apesar de se tratar de um procedimento básico, ele é extremamente importante para a saúde financeira de todo negócio, seja qual for o seu porte.

Confira a seguir uma breve definição sobre este processo.

O que é fechamento de caixa?

O fechamento de caixa consiste na conferência de entradas e saídas de recursos em um determinado período, podendo ser feito todos os dias, uma vez por semana ou pelo menos uma vez por mês. 

Basicamente, o fechamento de caixa é feito a partir da verificação do dinheiro recebido comparado com os produtos e/ou serviços vendidos, levando em conta também as despesas do negócio.

Se o seu negócio não tem alta movimentação de dinheiro, todos os dias, não há necessidade de se fazer o fechamento de caixa todos os dias. Porém, mesmo que o seu caixa não tenha entradas e saídas frequentes diariamente, esse processo precisa ser feito mensalmente.

Fazer o fechamento com frequência é importante para contornar rapidamente erros comuns como cobranças equivocadas, dinheiro sobrando no caixa que deveria ter sido usado para despesas, retiradas não programadas, entre outros.

Se você demora muito para fazer o fechamento, as falhas e divergências que costumam acontecer se acumulam, transformando-se em uma bola de neve, o que será mais difícil de ser contornado. 

O que sua empresa ganha com isso

Se você sabe quanto ganhou, quanto gastou e quanto sobrou, é possível tomar decisões mais assertivas para a sua empresa, mesmo que sejam pequenas escolhas, de um dia para o outro.

Além disso, fazendo o seu fechamento de caixa regularmente você tem controle do seu fluxo de gastos e consegue aproveitar melhor os recursos disponíveis para investir no que for preciso para o crescimento do negócio.

Contudo, o principal benefício do fechamento de caixa é, sem dúvidas, a organização do seu fluxo de caixa e o controle financeiro consistente do seu negócio. Uma empresa que administra bem suas finanças tem mais chances de alcançar seus objetivos.Leia também: Big Data é prioridade global no setor financeiro. Saiba porquê

Dicas para um fechamento de caixa mais eficiente

Agora que estamos alinhados sobre o que é, porque fazer e os benefícios do fechamento de caixa, confira as melhores dicas para tornar o seu mais eficiente:

Escolha um responsável

Nas empresas menores, geralmente o próprio dono faz o fechamento de caixa. Já em negócios de maior porte, uma pessoa é escolhida para fazer o fechamento de caixa. Esse profissional precisa ter conhecimento da técnica, além de ser uma pessoa confiável, atenta e responsável, que tenha compromisso em realizar o processo regularmente.

Defina um fluxo de caixa

Prepare seu fluxo de caixa para que o seu negócio tenha um registro minucioso das receitas e despesas. Você pode fazê-lo através de planilhas. Claro que, com o auxílio de um sistema de gestão, essa tarefa se torna mais simples e confiável, mas o importante é criar o seu fluxo de caixa.

Registre a abertura do caixa

Ao fazer a abertura do caixa, o operador deve registrar o valor inicial de reserva, que serve para dar troco aos clientes e também para o pagamento de eventuais despesas. A abertura do caixa será o ponto de partida.

Registre entradas e saídas

O registro de entradas e saídas torna-se mais simples com a utilização de um sistema de gestão, porém, caso você ainda não faça uso de um, saiba que todas as entradas e saídas devem ser registradas ao longo do dia.

A sangria de caixa, que transfere o dinheiro para um cofre ou local mais seguro, deve constar nos registros. O reforço de caixa, que acontece para suprir o troco do operador, também deve ser registrado.

É importante também criar categorias para as entradas e saídas: dinheiro, cartão de crédito, débito, entre outros. Tudo deve ser anotado, ou no caso de um software de gestão financeira, alimentado no sistema, que faz os cálculos de forma automática.

Confira os valores

Esse é o momento de conferir se o dinheiro do caixa combina com as receitas e despesas do dia. Lembre-se de ficar atento em relação às categorias (dinheiro em papel, cartão de crédito, débito etc), sangrias e reforços de caixa. Se você fizer o fechamento de caixa regularmente, menores serão as chances de erro.

Feche o caixa

Some todas as entradas (incluindo os reforços de caixa) e diminua do total de saídas. O saldo será o ponto de partida para a abertura de caixa no dia seguinte.

Automatize seu fluxo e fechamento de caixa com a Equals

Com a plataforma Equals, você define um fluxo de caixa de acordo com a posição mais atual, considerando inclusive as antecipações, além de obter relatórios de todos os seus recebimentos de vendas com cartão de crédito, débito e boleto. Com Equals, você também faz a conferência de “previsto x realizado” e tem acesso ao detalhamento dos movimentos da sua agenda financeira.

Elimine processos repetitivos e demorados e evite erros que podem comprometer seu fechamento de caixa e o seu negócio. Conheça a Equals, o sistema para a Gestão Financeira Inteligente da sua empresa.

Categorias

Saiba das novidades
Os meios de pagamento evoluem a cada dia,
nossa solução também.