Inteligência Artificial aplicada ao varejo: conheça alguns exemplos

13 dezembro 2019
Descubra, de fato, o que é Inteligência Artificial, seus benefícios para o varejo e o consumidor e também alguns exemplos de sua aplicação pelo mundo.

Há quem diga que o varejo não mudou muito ao longo dos anos. Ainda hoje, o processo continua sendo entrar em uma loja (ou e-commerce), escolher o produto e fazer a compra. A grande transformação, sem dúvidas, se deu na experiência do cliente, impulsionada pela tecnologia e principalmente, pela Inteligência Artificial (IA), que aparece cada vez mais na jornada de compra.

O desenvolvimento do conceito de Inteligência Artificial começou depois da Segunda Guerra Mundial, em 1956, numa conferência da Dartmouth College, universidade da cidade de Hanover, em New Hampshire (EUA). Na época, foi fundado o campo de pesquisa em Inteligência Artificial, definindo como “a ciência e engenharia de produzir máquinas inteligentes”.

No início, a IA era vista como um mito. Era difícil acreditar que as máquinas pudessem desempenhar atividades humanas. As primeiras revoluções industriais, contudo, começaram a provar o contrário, com máquinas inteligentes substituindo a mão de obra braçal. Desde então, a IA não parou de evoluir.

Mas, você sabe, realmente, o que é Inteligência Artificial?

O que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial é uma tecnologia que permite que máquinas, dispositivos, sistemas e softwares tomem decisões de forma autônoma, sem a interferência humana. Basicamente, a IA refere-se a capacidade destas ferramentas pensarem como seres humanos, aprendendo, interpretando, analisando e decidindo por si só em determinadas situações, de forma racional.

Para evoluir da computação simples para a IA, três pilares foram fundamentais:

1 – Computação potente com custo acessível para processamento rápido e eficiente;
2 – Acesso a grande volume de dados não estruturados;
3 – Capacidade para classificar, processar e analisar.

Esses três fatores, aliados ao Big Data e a Computação em Nuvem, tornaram possível a IA, bem como sua evolução para os dias de hoje, onde temos exemplos de sua aplicação em nosso dia a dia: Netflix, que nos recomenda séries e filmes, Spotify, filtrando nossas músicas e estilos preferidos, Waze, que verifica o trânsito, melhores rotas e destinos favoritos, entre outros tantos.

Mas, como a IA beneficia o varejo? Como essa tecnologia ajuda os varejistas e quais as vantagens para os consumidores? Confira abaixo!

Os benefícios da IA para o varejo

Com a automação que a IA propicia, todos os processos do varejo se tornam mais enxutos, tanto em lojas físicas quanto nas lojas virtuais. A partir da análise de dados pelo uso de Big Data, as máquinas e sistemas conseguem tomar decisões sem a necessidade de participação humana, o que libera mais tempo aos profissionais.

O controle de estoque e a logística também são áreas beneficiadas. Com o uso da IA, é possível reduzir custos com armazenamento, operando em espaços sob medida para cada negócio. Outro benefício é prever carregamentos, quantidade de produtos, melhores rotas e tempo de entrega, colaborando com todo o operacional.

Confira outros benefícios:

– Melhoria no atendimento: os chatbots e assistentes digitais agilizam o atendimento e tornam as relações mais dinâmicas. Um exemplo é a Lu, da gigante varejista Magazine Luiza, que já caiu no gosto dos consumidores.

– Recomendação e personalização: principalmente no e-commerce, a IA é capaz de recomendar produtos e conteúdos no momento certo, para o consumidor certo, de forma personalizada e individual, aumentando o engajamento e a conversão em vendas. A Amazon foi pioneira e é referência nesse quesito.

– Comportamento do cliente: a partir do Machine Learning (Aprendizado de Máquina), a IA faz com que máquinas e softwares aprendam o comportamento do cliente a partir do reconhecimento de padrões do histórico de compras.

Entre todos os benefícios, podemos dizer que o principal diz respeito à experiência do cliente. Um consumidor satisfeito, que se encanta durante a jornada de compra, costuma recomendar a empresa e pode se tornar um fã e promotor da marca.

Agora que você já sabe o que é Inteligência Artificial e os seus principais benefícios, conheça alguns exemplos de aplicação no varejo!

5 exemplos de aplicação

Confira abaixo 5 exemplos de aplicação de IA que são cases de sucesso:

1. Amazon

Essa gigante mundial surpreendeu o varejo com a criação do Amazon Go, o “supermercado do futuro”. Nele, não existem funcionários. O cliente entra, pega o produto na prateleira e vai embora. O sistema identifica a compra e manda a conta para o cartão de crédito previamente cadastrado pelo consumidor. Nada de passar no caixa para fazer o pagamento. É tudo mais simples, rápido e prático.

2. Walmart

Desde 2017, o Walmart utiliza robôs programados com IA para fazer escaneamento de prateleiras, checagem de inventários e recolocação de produtos que ficaram espalhados em setores que não são os corretos. A novidade gerou economia com pessoal e otimizou a organização das suas lojas de supermercado.

3. Leroy Merlin

A Leroy Merlin, rede francesa de lojas de materiais de construção, amplamente conhecida no Brasil, agora conta com a LIA para atender aos clientes, 24 horas por dia, 7 dias por semana. A assistente virtual tira dúvidas sobre endereços de lojas, sistema de troca, serviços e horários de funcionamento. A LIA aprende conforme a interação com os humanos.

4. Magazine Luiza

A gigante varejista brasileira é pioneira no uso de Inteligência Artificial no país. A “Lu”, assistente virtual da marca, faz sucesso na internet e nas redes sociais, por conta do seu relacionamento com o cliente, cada vez mais próximo ao que seria um diálogo entre humanos. O lucro líquido do Magazine Luiza cresceu 53,6% em 2018 e chegou a R$ 597,4 milhões.

5. Starbucks

Em 2016, a Starbucks criou o My Starbucks Barista, um app onde os clientes podem fazer o pedido antecipadamente, chegar no local e retirá-lo. A iniciativa reduziu consideravelmente as filas e o tempo de espera nas lojas da marca.

E aí, o que achou desses exemplos? São uma boa fonte de inspiração para o seu negócio? Esperamos ter ajudado a acender a luz da inovação na sua empresa. E claro, não podemos deixar de lembrar que, para colocar a Inteligência Artificial em prática, você precisa de um sistema de gestão inteligente no seu negócio. Saiba mais sobre nossa solução aqui. Até a próxima!

Categorias

Saiba das novidades
Os meios de pagamento evoluem a cada dia,
nossa solução também.