Auditoria financeira: entenda o que é e como preparar a empresa

8 October 2018
Financial Audit: Learn how this procedure and its definition works, as well as the possibilities it can provide to a business.

Auditoria financeira é um termo muito comum no meio dos negócios. Entretanto, você sabe o que é e para que serve essa ferramenta de gerenciamento e controle empresarial?

Nosso objetivo, com este artigo, é mostrar como funciona esse procedimento e sua definição, bem como as possibilidades que ele pode proporcionar a um negócio. Acompanhe!

O que é uma auditoria financeira?

Uma auditoria financeira é um processo que visa analisar as atividades realizadas na empresa, que impactam diretamente os setores relacionados à economia do negócio. Ela também é classificada como uma área de estudos da contabilidade, que tem por objetivo revisar as demonstrações financeiras, assegurando a fidelidade dos registros.

De acordo com a ISSAI 200 (Normas Internacionais de Entidades Fiscalizadoras Superiores), esse tipo de auditoria tem por objetivo principal aumentar o grau de confiança dos usuários quanto às questões financeiras da empresa.

Para que serve uma auditoria financeira?

Partindo do princípio mencionado na definição da atividade, podemos concluir que a auditoria financeira serve para garantir que as finanças do negócio traduzam, fielmente e integralmente, a sua realidade.

Em outras palavras, significa que os auditores analisarão os relatórios financeiros, no intuito de encontrar possíveis falhas ou gargalos que possam drenar a capacidade da empresa de gerar resultados positivos.

Além disso, a auditoria financeira é um excelente instrumento no combate a fraudes, desvios e furtos que podem ser cometido por colaboradores mal intencionados e, até mesmo, por sócios que não estão preocupados com a saúde financeira do seu próprio negócio.

Quando é necessário realizá-la?

A auditoria financeira pode ser realizada em vários momentos. Algumas empresas esperam determinados acontecimentos, como o fechamento de um novo contrato ou a finalização de outro — ou, ainda, quando as coisas da empresa não estão indo muito bem.

Outros gestores preferem realizar esse procedimento periodicamente. Alguns fazem mensalmente, outros, anualmente. O importante é ter a sensibilidade de enxergar o momento que sua empresa está vivenciando e aplicar a ferramenta sempre que necessário.

Como esse processo visa encontrar problemas que prejudicam o funcionamento da empresa, quanto mais frequentemente ele for realizado, maior a chance de o seu negócio ser beneficiado.

Como se preparar para uma auditoria financeira?

Geralmente, as empresas se preparam para uma auditoria. O objetivo dessa preparação é expor, ao máximo, todos os procedimentos que são realizados nos departamentos envolvidos.

Nesse momento, alguns colaboradores podem tentar esconder algumas práticas. É importante que você, enquanto gestor, conscientize todos os colaboradores com o objetivo de mostrar a eles que a auditoria financeira visa melhorar a forma com que todos exercem suas atividades.

Além disso, é importante frisar que os auditores são pessoas preparadas e acostumadas a encontrar falhas. Portanto, uma tentativa de esconder alguma prática será facilmente identificada por esses profissionais.

Como executar esse processo em uma empresa?

Agora que você entendeu os conceitos e princípios básicos de uma auditoria financeira, vamos mostrar como você pode executar esse processo, na prática, em sua empresa. Para tanto, vamos apresentar alguns passos simples. Continue lendo!

Faça um mapeamento de processos

A auditoria financeira executa o seu trabalho analisando os procedimentos da empresa, portanto, o primeiro passo é mapear todos esses processos. Por exemplo, deve ser mapeado o procedimento de pagamentos, recebimentos de clientes, cobranças, entre outros.

Esse primeiro ponto, além de servir aos auditores, também contribuirá para que você conheça os procedimentos realizados no âmbito financeiro da sua empresa com mais clareza.

Identifique todos os possíveis riscos envolvidos

A partir de então, você deverá identificar os possíveis riscos existentes nas rotinas mapeadas. Isso pode ser feito buscando falhas e instabilidades em procedimentos que estão sendo realizados de forma diferente do que foi estabelecido.

Nesse ponto, é perfeitamente possível que não exista nenhum tipo de procedimento padrão dentro do setor financeiro da sua empresa. Assim, é necessário saber identificar como essas ações são realizadas e, também, verificar o que pode ser melhorado após a auditoria.

Realize a identificação do controle interno

Em seguida, você precisa conhecer, definitivamente, quais são as ferramentas de controle interno que estão disponíveis para análise. Elas podem ser: relatórios, contratos, revisões, conciliações, planilhas, peças contábeis, entre outras.

Após identificar essas ferramentas de análise e controle interno, você precisará testar cada uma para verificar se elas são eficazes e se traduzem os dados gerados em informações úteis, precisas e reais.

Caso isso não ocorra, a auditoria oferecerá meios para transformar esses instrumentos em ferramentas de análise financeira eficazes, de modo que eles possam servir como base para a tomada de decisões.

Analise os resultados obtidos

Feito isso, o procedimento de auditoria poderá ser realizado e você terá em mãos tudo o que precisa ser feito para reduzir gargalos ou melhorar determinados pontos falhos que podem prejudicar o perfeito funcionamento da empresa.

Quais são os seus principais benefícios?

Agora, vamos mencionar alguns dos principais benefícios da auditoria financeira. O primeiro deles, sem dúvidas, é a segurança dos saldos registrados nas contas. Essa ferramenta garantirá que os valores são reais, de modo que traduzem a situação verdadeira da empresa.

Além disso, a auditoria financeira aponta as falhas no controle interno e oferece oportunidades para melhorar esse ponto, disponibilizando outras formas de gerar relatórios mais eficientes e precisos para a gestão da empresa.

Outro ponto que precisa ser mencionado é que a auditoria também proporciona mais segurança por parte dos seus colaboradores. Isso porque todas as atividades deles são realizadas de acordo com padrões preestabelecidos. Assim, eles executarão suas tarefas sabendo o que precisa ser feito e eliminando dúvidas sobre os procedimentos.

Por fim, ela evita desvios e furtos que podem vir a ocorrer no dia a dia da empresa, sejam eles provocados por colaboradores ou por terceiros mal intencionados — ou, ainda, por falhas simples e inconscientes nos procedimentos.

Agora que você sabe tudo sobre a auditoria financeira, seu conceito e seus benefícios, já deve saber qual é o próximo passo a ser dado: a aplicação dessa ferramenta em seu negócio.

Que tal continuar aprendendo sobre esse assunto? Aproveite a visita e entenda por que sua empresa deve investir em automação financeira. Boa leitura e até a próxima!

Categorias

Newsletter
The Payment Market evolves every day, our solution too.