Como se diferenciar na Black Friday mais diferente de todos os tempos?

23 janeiro 2021
Oferecer uma experiência híbrida (omnichannel) pode ser a chave para atender as pessoas na Black Friday 2020. O cálculo que uma pesquisa do Google elaborou é bem simples: mais confiança resulta em mais compras quando há menos incertezas na hora de comprar produtos não padronizados, por exemplo. Além de adicionar características ligadas a compra na loja física com uma postura transparente na hora de comunicar ofertas para gerar mais valor.

A Black Friday faz parte do calendário brasileiro de promoções desde 2010. A adesão a data mexe tanto com as expectativas dos consumidores que, segundo a TracyLocke, para 21% das pessoas a preparação para aproveitar a época acontece desde o momento em que a Black Friday de 2019 acabou; ou mesmo a partir do começo de 2020 para 31% dos consumidores.

Não à toa muitas empresas lançaram campanhas incentivando que seus clientes comprem antecipadamente e on-line, diferente das edições anteriores em que as pessoas corriam para as lojas e faziam filas lotando o interior delas. Com a pandemia da covid-19, essa realidade será um pouco diferente. Mesmo assim, 45% das pessoas pretendem comprar on-line como também em lojas físicas. A preferência pela compra on-line vai acontecer se o preço for mais atrativo, para 83% dos consumidores.

A TracyLocke constatou que as palavras associadas a Black Friday são promoções e descontos, entusiasmo, esperança e ansiedade para aproveitar ofertas e economizar. Pode-se dizer que a Black Friday 2020 precisa atender um consumidor que tem uma alta expectativa para a data e também muita desconfiança, segundo o Google: Apenas descontos não bastam. A segurança para conseguir comprar mais barato vai prevalecer. 

Esse desejo não se restringe apenas aos consumidores. Empresas também querem evitar ao máximo perder receita frente a representatividade do e-commerce nas vendas, que correspondeu a 12,6% dos resultados do comércio varejista em maio de 2020, segundo o Google.

Mais do que nunca, o barato não pode custar caro

Spoiler: na Black Friday vai ter desconto, mas o consumidor não quer só isso. O valor do frete e previsão de entrega do produto são pontos que fazem muita diferença para as compras nessa época. As palavras “frete grátis” despertam tanto o interesse das pessoas que só em 2019, 29% das vendas tiveram taxa zero para entrega durante a Black Friday.

Fonte: Acessar tweet

 

A capacidade logística das empresas costuma ser restrita para grandes cidades. 24% das pessoas que moram em lugares mais afastados dos centros urbanos afirmam que serviços de entrega de pedidos como correios ou aplicativos de delivery de comida não atendem seus locais de moradia. Dados do Google dão conta de que no mês de abril de 2020, somente 14% das compras foram entregues dentro de 3 dias úteis.

Leia também:

Entenda o que é chargeback e o que fazer para evitar

Principais indicadores (KPIs) para melhorar a gestão de chargeback

Varejo alimentar e os 4 P’s na pandemia: preço, produto, prontidão e proteção

Para tentar contornar essas questões, o Mercado Livre criou o Meli Air, seu novo serviço de entrega de pedidos com frota própria de 4 aviões em parceria com companhias aéreas. Inicialmente, a novidade vai atender a demanda da Black Friday no mercado brasileiro para melhorar a operação logística no país e aumentar o número de entregas para o dia seguinte.

Uma opção que os consumidores podem aproveitar é o “Click e Retire”. Essa possibilidade de entrega considera a dificuldade com custos de frete e tempo para receber pedidos como pontos de forte atrito. Assim, a oportunidade de economizar com custos de entrega e até poder trocar o produto na loja caso haja algum defeito são grandes atrativos. Não por acaso, estados nordestinos, como Bahia, Ceará e Pernambuco foram os que mais apresentaram interesse pelo “Click Retire”.

Além de alternativas para entrega de pedidos, o Google obteve os pontos a seguir que os consumidores mais valorizam na hora de realizar pagamentos na Black Friday:

Como se diferenciar na Black Friday mais diferente de todos os tempos?

Oferecer uma experiência híbrida pode ser a chave para atender as pessoas. O cálculo que a pesquisa do Google elaborou é bem simples: mais confiança resulta em mais compras quando há menos incertezas na hora de comprar produtos não padronizados, por exemplo. Além de adicionar características ligadas a compra na loja física com uma postura transparente na hora de comunicar ofertas para gerar mais valor.

Nesse contexto, reparo de peças com defeito, prazos estendidos para devolução e troca de produtos precisam fazer parte da estratégia de toda empresa que pretende vender na Black Friday. A junção dos benefícios da venda física e digital (omnichannel) pode ajudar empresas e atenderem um consumidor que já vinha demonstrando mudanças em seu comportamento de compra.

Oferecer múltiplos meios de pagamentos também pode ajudar os negócios nessa época. Mesmo que o cartão de crédito tenha sido a opção de pagamento mais utilizada para 55% das pessoas na Black Friday de 2019, as buscas por “Carteiras digitais” em 2020 alcançaram um patamar de mais de 15 mi, comparado com os 9 mi em 2019.

As carteiras digitais podem ser encaradas como a porta de entrada para a digitalização dos meios de pagamento. Mais de 30 mi de pessoas utilizaram carteiras digitais para acessar o auxílio emergencial pago pelo Governo Federal. E a parcela da população brasileira que não utiliza cartões de crédito, cerca de 59%, poderá ter uma carteira digital para realizar transações financeiras.

Além da possibilidade de promover vendas mais seguras sem contato com pagamento via QR code, NFC e o PIX, por exemplo, as carteiras digitais viabilizam agilidade no processo de pagamento ao substituir boletos e cartões de crédito; como consequência, permitem que o consumidor receba seus pedidos mais rapidamente.

O que fazer na Black Friday 2020 e depois dela?

O Google mencionou pelo menos 3 tópicos que merecem atenção nesta Black Friday para empresas:

Oferecer diversos meios de pagamento pode ajudar empresas a terem sucesso na Black Friday. Mas, não basta. Além disso, é essencial ter uma plataforma de gestão financeira inteligente que potencialize seus resultados. A Equals é uma solução digital completa para conciliar um grande volume de vendas na loja física e online. Solicite uma demonstração gratuita.

Categorias

Saiba das novidades
Os meios de pagamento evoluem a cada dia,
nossa solução também.