Relatórios gerenciais: conheça os mais importantes para sua empresa!

12 novembro 2021

Tomar decisões no negócio é uma tarefa que exige planejamento e conhecimento. Entender as condições da empresa e considerar os objetivos são duas etapas essenciais e que podem ser auxiliadas pelos relatórios gerenciais.

Na prática, os documentos podem transformar a gestão e os processos ligados à definição de caminhos organizacionais. Então, para aproveitá-los corretamente, é interessante saber quais são os relatórios mais importantes.

Neste artigo, você conhecerá quais são os relatórios gerenciais mais relevantes para o seu empreendimento e por que vale a pena se atentar a eles. Confira!

O que são relatórios gerenciais?

Os relatórios gerenciais são documentos compostos por informações e indicadores de processos ou setores de um negócio. Eles reúnem conhecimento importante sobre a execução de atividades e sobre os resultados obtidos.

Esses documentos também se caracterizam por apresentar dados relevantes de modo objetivo e potencialmente de maneira contínua. Relatórios gerenciais trimestrais, por exemplo, permitem tanto saber o resultado no período, como permitem comparar a performance com meses anteriores.

Qual é a relevância deles para médias e grandes empresas?

Agora que você sabe o que são os relatórios gerenciais, fica claro que eles são fontes de informações estratégicas para os negócios. Com isso, são relevantes para micro e pequenas empresas, mas ainda mais relevantes para as médias e grandes companhias.

Afinal, negócios de porte intermediário ou grande geram um volume ainda maior de informações diariamente. Nesse sentido, os relatórios servem para organizá-los e apresentá-los de maneira direta e clara.

Então são documentos que auxiliam a tomada de decisão de forma estratégica e embasada, o que pode aumentar as probabilidades de acerto.

Os relatórios também costumam servir para acompanhar o desempenho de decisões já implementadas. Ao mesmo tempo, podem ajudar a ter uma perspectiva a respeito do futuro e dos possíveis resultados.

Quais são os relatórios mais importantes?

Como os relatórios gerenciais são aplicados em diversos segmentos dos negócios, há diversos tipos para considerar. Os mais importantes costumam ser aqueles usados com mais frequência, embora cada empresa tenha suas particularidades.

Na sequência, você conhecerá quais são os relatórios em destaque e quais são as informações que eles apresentam!

Relatório de fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma das ferramentas essenciais para o sucesso de um negócio. Ele prevê o registro de todas as movimentações financeiras, demonstrando a disponibilidade e a necessidade de recursos ao longo do tempo.

Ele também pode ser feito de modo projetado, considerando as contas a pagar e a receber. Nesse caso, favorece o planejamento financeiro.

Devido a essas características, o relatório de fluxo de caixa é essencial. Ele ajuda a fazer um balanço das movimentações e pode ser usado para apoiar ou melhorar o orçamento empresarial.

DRE

O Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) é outro relatório gerencial importante. Ele permite realizar uma análise vertical de todos os ganhos e custos do negócio em determinado período.

Dessa forma, é possível ir além das movimentações financeiras. Por exemplo, há como saber se a empresa opera com lucro ou prejuízo — e a partir de qual momento os prejuízos passam a acontecer, se for esse o cenário.

Por meio dele, é mais fácil entender a configuração de despesas e de receitas, além de ser possível avaliar a lucratividade geral.

Balanço patrimonial

Ainda com foco nos relatórios financeiros, o balanço patrimonial está entre os mais usados. Ele serve para apresentar todos os ativos e passivos da empresa — desde os seus bens até suas obrigações financeiras.

Por meio dele, você pode conhecer o patrimônio líquido, dado pela diferença entre ativos e passivos. Dependendo da estrutura apresentada, há como notar se a empresa está endividada ou se pode se desfazer de parte dos ativos, por exemplo.

Relatório de vendas

Para acompanhar o desempenho do setor comercial, o relatório de vendas é uma ferramenta gerencial importante. Ele pode apresentar diversas informações, como:

Dessa maneira, a empresa acompanha quais estratégias comerciais têm funcionado melhor e onde estão as oportunidades do mercado. Também pode ser uma solução para fazer uma previsão de demanda, o que pode ajudar na logística e nas provisões financeiras.

Relatório de controle de estoque

No caso do varejo, é especialmente necessário utilizar um relatório de controle de estoque. Ele pode ser aliado ao inventário e permite acompanhar o estado do armazenamento de produtos e materiais.

Essa é uma forma de evitar o rompimento de estoque ou desabastecimento. A medida também ajuda a diminuir desperdícios e as perdas por falta de visibilidade, reduzindo custos. Ainda, esse relatório pode ser aliado a outras ferramentas logísticas para favorecer a execução de operações.

Relatório de satisfação de clientes

Além de focar nos processos internos, é válido saber como a empresa tem se posicionado junto aos clientes. Por isso, um dos relatórios gerenciais para considerar traz dados sobre a satisfação de clientes.

Esse tipo de documento pode ser composto por dados obtidos de diferentes maneiras, como via pesquisas de mercado ou análise de indicadores. Entre os principais, estão a taxa de rejeição (churn rate) e nível de fidelização.

Também é válido usar a metodologia Net Promoter Score (NPS). Ela traz uma avaliação de 0 a 100 e indica se os clientes estão satisfeitos e propensos a indicar o negócio para outros consumidores. Logo, acompanhar a evolução do NPS permite melhorar a experiência do cliente de modo contínuo.

Como fazer um bom relatório gerencial?

Após identificar os principais tipos de relatórios gerenciais, é necessário saber como elaborá-los. Para iniciar, é preciso buscar dados atualizados de fontes confiáveis. Com uma boa conciliadora financeira, por exemplo, a empresa tem acesso a dados robustos, que correspondem à realidade do orçamento.

Além disso, é importante estabelecer os objetivos do relatório. Assim, há a possibilidade de apresentar as informações de modo direto para atender às expectativas dessas ferramentas.

Outra ferramenta que pode auxiliar é o uso de tecnologia. Com softwares adequados, você pode usar filtros e selecionar os dados relevantes com mais facilidade.

Conforme você acompanhou, os relatórios gerenciais são especialmente importantes para as empresas que desejam ter sucesso. Portanto, com a elaboração e o uso dos recursos certos, é possível aproveitar as informações em estratégias financeiras, de vendas e de atendimento.

Se você quiser ajuda para gerar dados relevantes e criar seus relatórios, entre em contato conosco da Equals e conheça nossos recursos!

Categorias

Saiba das novidades
Os meios de pagamento evoluem a cada dia,
nossa solução também.